Novidades

Aqui compartilhamos com você o que temos feito, pensado ou sonhado...

Reabertura do espaço do Barracão com estreia da nossa nova criação

Vamos abrir as portas para te receber!

Após quase dois anos distantes de apresentações presenciais, o Barracão Teatro estreia o espetáculo “Nau Frágil”, no próximo dia 10 de dezembro, sexta-feira, às 20h, em seu espaço em Barão Geraldo – Campinas. A direção fica a cargo de Tiche Vianna e no elenco estão os atores Esio Magalhães e Miguel Rosa. Essa é a primeira vez que mãe, pai e filho encaram o desafio de trabalharem juntos em um projeto sem a participação de outros artistas em cena.
 
As apresentações seguem no sábado e domingo, 11 e 12, e também de 14 a 16 de dezembro, com ingressos no chapéu, ou seja, o público decide o quanto vai pagar e oferece este valor ao final do espetáculo. Para garantir seu lugar, o público deve reservar e confirmar presença pelo WhatsApp (19) 991138350 a partir de 08 de dezembro. Serão feitas até 20 reservas por apresentação com a obrigatoriedade do uso de máscara.
 
“Tem sido uma experiência muito enriquecedora e cheia de aprendizados dar vida a essa montagem.  Outra coisa que tem nos emocionado muito é a oportunidade de voltar a pisar no palco e sentir o calor humano do público presente. Estamos todos com muitas saudades desses momentos”, destaca o ator Miguel Rosa.
 
Nau Frágil, uma reflexão sobre o mundo e si mesmo
“Nau Frágil” começou com o estudo e releitura do texto O Arquiteto e o Imperador da Assíria, de Fernando Arrabal. A dramaturgia partiu da provocação das artistas Roberta Estrela Dalva, Solange Dias, do artista Salloma Salomão e do filósofo Luiz Fuganti, que após a leitura de Arrabal, apresentaram suas reflexões por meio de materiais próprios: cenas, linguagens, aulas e outras leituras sobre o mesmo tema. Da intersecção dos materiais produzidos, Tiche Vianna, que também dirige o espetáculo, em diálogo criativo com os atores, criou esta história e o modo de contá-la.
 
Na peça, Robinson (Esio Magalhães), único sobrevivente de um naufrágio, alcançou uma ilha que não está nos mapas e, portanto, nunca foi resgatado. Depois de muitos anos vivendo ali, isolado e só, se depara com a chegada de um outro náufrago, Sexta-Feira (Miguel Rosa), tão jovem como ele quando chegou, mas sem memória. Ambos passam a conviver. Robinson é curioso sobre Sexta Feira que se diverte com as certezas do velho náufrago, mas não contém seu desejo em se aventurar. Robinson, que acredita controlar toda a ilha, tem suas certezas ameaçadas pela chegada do jovem náufrago. Por isso se desentendem e se separam. É na separação que Sexta Feira descobre um mistério sobre a ilha e Robinson descobre um mistério sobre si mesmo.
 
 “Nosso país sofreu um naufrágio político seguido por uma pandemia que nos obrigou, no susto, a ficar em casa. Ilhados, como humanidade, fomos desafiados a olhar pra dentro. Assim ficamos por quase dois anos. Não somos mais as mesmas pessoas de 2019 e a vida também não é a mesma. Para criar nos perguntamos: Falar de quê? Falar como? Falar com quem? Decidimos, então, contar a história de uma Nau Frágil estimulando a imaginação a esperançar caminhos que ainda não enxergamos com precisão”, explica Tiche Vianna, confiante de que mesmo sem a nitidez do futuro, se olharmos bem fundo pra dentro de nós, seremos capazes de construir um percurso que nos conduza a um lugar melhor.

 “Nau Frágil” é um projeto contemplado pelo PROAC LAB (Programa de Apoio Cultural Expresso Lei Aldir Blanc) - Eixo Premiação Teatro no Estado de São Paulo, Modalidade B - Direção Teatral, da Secretaria de Cultura do Governo do Estado de São Paulo.
 
Serviço:
O que: Estreia do espetáculo ‘Nau Frágil’
Quando: De 10 a 12 (sexta, sábado e domingo) e de 14 a 16 (terça, quarta e quinta) de dezembro de 2021
Horário: 20h
Onde: Barracão Teatro (Rua Eduardo Modesto, 128 - Vila Santa Isabel, Campinas)
Telefone: (19) 99113-8350
Quanto: Ingresso no chapéu (público coloca o valor que atribui à experiência cênica, ao final do espetáculo e pode ser pago com dinheiro, cartão ou pix).
Agendamento: Necessário reservar e confirmar presença pelo WhatsApp (19) 991138350 a partir do dia 08/12
Protocolos de segurança: Serão liberadas até 20 reservas por apresentação e é obrigatório uso de máscara.
 

Credo Quia

É a Campanha de Financiamento Coletivo para captar recursos e viabilizar o projeto Credo Quia Absurdum*, que vai criar, montar e apresentar um espetáculo circense para rua, praças, parques e outros espaços.
Para a concretização deste projeto, todes, todas e todos podem ser investidores, sejam pessoas físicas ou jurídicas de acordo com suas possibilidades. Saiba mais sobre o projeto e como apoiá-lo!

Cursos

A partir de nossas pesquisas e trabalhos, formulamos uma didática para compartilharmos nossas descobertas, nossa visão artística e, em alguns casos, dividir nossas questões. Nossos cursos são formulados para no mínimo 20 horas de trabalho, pois neste tempo, temos condições de apresentar as trilhas do nosso trajeto artístico.

Saiba Mais

Compartilhe